domingo, 29 de dezembro de 2013

Terra Paz & Paz

O sistema obscurece quem fala a verdade!
Quem fala em Pedro Tierra?
Quem fala em Carlos Marighela?
O arame ensanguentado canta uma cantiga amarga
Como um réquiem cantado por índios e negros subtraídos
De sua terra natal
A lua observadora sussurra no ouvido da noite
Fogo e revoluções como um hino abafado
Por canhões e baionetas
Mas, o povo tecem sonhos em vastidões conquistadas.
Pedem: terra, paz & pão!

2 comentários:

  1. Valeu caro Édson Marques grande poeta fico lisongeado por ter seguido meu blog

    ResponderExcluir